Austrália aumenta presença militar no Afeganistão a pedido da Otan

Sydney (Austrália), 29 mai (EFE).- A Austrália aumentará sua presença militar no Afeganistão após pedido da Otan para que realize trabalhos de assessoria às forças de segurança desse país, confirmou nesta segunda-feira (data local) sua ministra de Defesa, Marise Payne.

"Dada a importância de Afeganistão e a luta global contra o terrorismo, a ampliação da contribuição ao apoio da missão é oportuna e apropriada", disse Payne a um comitê do Senado.

Em meados deste mês, o primeiro-ministro da Austrália, Malcolm Turnbullm, disse que seu Governo estava aberto à possibilidade de enviar mais tropas ao Afeganistão em resposta a um pedido da Otan durante sua recente viagem ao Oriente Médio.

Conforme o anúncio desta segunda-feira, as autoridades australianas se comprometeram a enviar uma seção de soldados (composta por 30 homens) ao país asiático.

A Austrália tinha até agora 270 membros de suas Forças Armadas no Afeganistão, além de cerca de 780 em Iraque e Síria, países nos quais realiza trabalhos de assistência e capacitação, no primeiro, e colabora nos bombardeios aéreos no segundo.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos