Promotoria do Equador realiza buscas em investigação sobre caso Odebrecht

Quito, 2 jun (EFE).- A Promotoria do Equador informou nesta sexta-feira que está realizando várias operações de busca dentro da investigação sobre o caso Odebrecht, enquanto o presidente Lenín Moreno reiterou que todos os envolvidos deverão responder à Justiça.

"Notícia em desenvolvimento: Promotoria do Equador realizou operações de busca com fins investigativos no #casoOdebrecht", escreveu a Promotoria em sua conta no Twitter.

Pouco depois, Moreno afirmou que não irá permitir que nenhum ato de corrupção fique impune. "Todos os envolvidos no caso Odebrecht devem responder à Justiça", escreveu também na rede social.

Na última quarta-feira, a Procuradoria-Geral do Equador anunciou uma série de mecanismos de cooperação com o Brasil sobre as investigações do esquema da Odebrecht, que envolveu vários países da América Latina e da África, incluindo o Equador.

O procurador-geral do Equador, Carlos Baca, viajou para Brasília para receber informações e se reunir com as autoridades brasileiras, com as quais acertou novos mecanismos de cooperação.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos