Presidente da Colômbia diz que são 6 mortos e 31 desaparecidos em naufrágio

Guatapé (Colômbia), 25 jun (EFE).- O presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, disse neste domingo que são seis as pessoas falecidas e 31 as desaparecidas no naufrágio do barco turístico "El Almirante", que naufragou neste domingo na represa de Guatapé.

"Até agora tivemos informação de seis pessoas mortas, três que estão no hospital e três que foram resgatadas pelos mergulhadores. Há 122 pessoas vivas, que estão bem e 31 pessoas que foram reportadas como desaparecidas", afirmou o presidente, que viajou esta noite para o local do acidente.

Santos comentou que alguns dos 31 desaparecidos podem estar com as pessoas que ajudaram a resgatá-los no momento do afundamento do barco.

O presidente colombiano acrescentou que é um trabalho difícil, porque está escuro e a água é muito fria, e que os mergulhadores trabalharão o tempo que for necessário para resgatar as pessoas.

"A operação de resgate continuará toda a noite e esperamos poder dar boas notícias no sentido de que tomara que as pessoas que foram resgatadas por terceiros apareçam. Mas os mergulhadores vão continuar informando à medida que avança a operação", declarou Santos.

Ele descartou que o naufrágio tenha sido por excesso de passageiros, ainda que tenha admitido que ainda não se começou a investigação para determinar as suas causas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos