Três traficantes são executados na China antes do Dia Internacional Contra as Drogas

Em Xangai

Três pessoas que eram acusadas de tráfego de drogas foram executadas no sul da China, às vésperas da comemoração do Dia Internacional Contra as Drogas (26 de junho), informou neste domingo (25) a agência oficial de notícias "Xinhua".

Os três tinham sido detidos separadamente pela polícia durante 2013 e 2014 e foram executados no dia 22 de junho, segundo informou o tribunal intermediário de Huizhou da província de Guangdong.

As três sentenças tinham sido aprovadas pelo Tribunal Popular Supremo da China. Na informação da Xinhua não se menciona a nacionalidade nem a identidade dos executados.

Um deles, detido em 2013, era um homem em cujo carro a polícia encontrou mais de 10 quilos de metanfetamina que ia levar para Guangzhou, a capital provincial.

Outro alugou um apartamento para armazenar drogas no condado de Huidong, onde a Polícia apreendeu mais de 23 quilos de metanfetamina em pedra.

O terceiro foi capturado em 2014 em uma estrada para Guangzhou e tentou subornar o oficial de Polícia. Um total de 7,4 quilos de metanfetamina foi encontrado no hotel em que ele se hospedava.

O narcotráfico em grande escala é um delito que pode ser castigado com pena de morte na China, e vários cidadãos estrangeiros foram executados pela Justiça deste país após serem detidos em posse de entorpecentes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos