PUBLICIDADE
Topo

Bombardeio da coalizão árabe deixa ao menos 12 mortos na capital do Iêmen

25/08/2017 04h07

Sana, 25 ago (EFE).- Pelo menos 12 pessoas, entre elas crianças e mulheres, morreram e outras dez ficaram feridas em um bombardeio da coalizão liderada pela Arábia Saudita contra um edifício de apartamentos na capital do Iêmen, Sana, informaram nesta sexta-feira à Agência Efe fontes das equipes de resgate.

O ataque aéreo aconteceu durante o amanhecer no bairro de Fash Aatan, na zona oeste da cidade, e destruiu o edifício, de onde foram resgatados os corpos de cinco crianças com entre três e sete anos de idade, além de uma mulher, conforme constatou a Efe.

Os moradores do edifício de três andares estavam em suas casas no momento do ataque, já que hoje é feriado nos países muçulmanos, e uma construção próxima que estava vazio também acabou sendo destruída pelo bombardeio.

A região que foi alvo dos aviões da aliança militar comandada pela Arábia Saudita hospeda uma base de mísseis dominada pelos rebeldes houthis, que foi atacada em diversas ocasiões nos últimos meses.

A coalizão árabe intervém militarmente no Iêmen em apoio às tropas leais ao presidente Abdo Rabu Mansur Hadi e contra os rebeldes, que controlam amplas partes do país, entre elas a capital, desde o fim de 2014.

A aliança de países muçulmanos sunitas foi acusada reiteradamente de atacar alvos civis, como escolas e hospitais, mas seu comando sempre negou essas acusações e, em poucas ocasiões, reconheceu ter errado em seus bombardeios, que já deixaram centenas de vítimas entre os cidadãos iemenitas.