PUBLICIDADE
Topo

Trump diz que recuperação após passagem de Harvey "será longa e complicada"

28/08/2017 18h58

Washington, 28 ago (EFE).- O presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, afirmou nesta segunda-feira que a recuperação das áreas afetadas pela passagem do furacão Harvey será "longa e complicada", e que viajará amanhã ao Texas para verificar os trabalhos de resgate e ajuda às vítimas.

"Provavelmente se trata de uma tempestade como nunca vimos (...). A recuperação será longa e complicada", afirmou Trump em uma entrevista coletiva ao lado do presidente da Finlândia, Sauli Niinistö, após a reunião que ambos tiveram na Casa Branca.

Trump disse que visitará parte das áreas afetadas no sul do Texas "para garantir que os cidadãos recebam a ajuda necessária", ao comentar os "horríveis" efeitos do furacão que já deixou pelo menos oito mortos e milhares de deslocados.

O presidente americano prometeu uma "rápida" resposta por parte dos poderes Executivo e Legislativo para que o Texas tenha acesso às verbas federais necessárias para os trabalhos de resgate e reconstrução.

"Sairemos desta, e sairemos mais fortes", ressaltou.

Trump viajará amanhã a Corpus Christi, cidade do sudeste do Texas e uma das que primeiro sofreu os efeitos do furacão. Ele antecipou que pode voltar ao Texas no sábado e também a Louisiana, outro estado pelo qual Harvey passou.

Ainda que nos últimos dias tenha perdido intensidade e se transformado em uma tempestade tropical, Harvey causou "catastróficas inundações" em Houston, onde equipes de resgate usam dezenas de helicópteros e lanchas para ajudar pessoas que ficaram ilhadas ou desabrigadas.

O prefeito de Houston, Sylvester Turner, declarou hoje em entrevista coletiva que 5.500 pessoas foram levadas a refúgios, um número que segundo ele aumentará "exponencialmente" nas próximas horas.