PUBLICIDADE
Topo

Governo da Catalunha diz que recebeu aviso sobre atentado em Barcelona

31/08/2017 11h26

Barcelona (Espanha), 31 ago (EFE).- O governo da região autônoma da Catalunha afirmou nesta quinta-feira que recebeu um aviso de um possível atentado em Barcelona, mas "por outras fontes", não pela CIA, e que, após uma avaliação, concluiu que era de "credibilidade muito baixa".

O conselheiro de Interior da Catalunha, Joaquim Forn, disse em entrevista coletiva que seu departamento comunicou este aviso ao governo da Espanha, que tampouco deu relevância à ameaça, de modo que o assunto não foi abordado nas reuniões de avaliação antiterrorista em 25 de maio e 8 de junho.

Segundo o jornal catalão "El Periódico", a polícia recebeu um alerta da CIA em 25 de maio, que avisava que o Estado Islâmico (EI) planejava agir no verão, "especificamente em Las Ramblas", rua de Barcelona onde os jihadistas cometeram um atentado em 17 de agosto, que deixou 15 mortos.

A nota da CIA chegou ao Centro Nacional de Inteligência (CNI) - serviço secreto espanhol - e às forças de segurança nacional, que por sua vez informaram ao governo da Catalunha.

Apesar do atentado, o dispositivo de segurança em Las Ramblas havia sido ampliado, segundo Forn, que denunciou uma campanha de "difamação e desprestígio" contra a polícia catalã.

O conselheiro destacou que, dias após o ataque em Las Ramblas, o governo espanhol confirmou às autoridades catalãs que nenhum dos avisos recebidos anteriormente sobre a ameaça terrorista tinha relação com os atentados perpetrados em Barcelona e em Cambrils.