PUBLICIDADE
Topo

Ex-primeira-ministra tailandesa condenada a 5 anos de prisão por negligência

27/09/2017 05h48

Bangcoc, 27 set (EFE).- A ex-primeira-ministra da Tailândia, Yingluck Shinawatra, foi condenada nesta quarta-feira a cinco anos de prisão por negligência em um programa de ajuda ao arroz, que causou perdas milionárias durante seu mandato entre os anos de 2011 a 2014.

A condenação contra Yingluck, que está exilada após fugir do país no final de agosto, foi pronunciada unanimemente pelos nove juízes do Supremo Tribunal, anunciando em seguida que emitirão um mandado de prisão contra a ex-governante.

Yingluck Shinawatra, que poderia pegar a pena máxima de dez anos de prisão, disse que era inocente desde o início do julgamento e atribuía as acusações a motivações políticas por parte da junta militar que governa a Tailândia desde 2014.