PUBLICIDADE
Topo

Turquia diz ter matado 13 membros do PKK no norte do Iraque

27/09/2017 16h08

Ancara, 27 set (EFE).- Uma incursão aérea das Forças Armadas da Turquia no norte do Iraque matou 13 supostos membros do Partido dos Trabalhadores do Curdistão (PKK), a guerrilha curda da Turquia, informou a cúpula militar nesta quarta-feira.

"Hoje, foram neutralizados em uma operação aérea 13 membros de uma organização terrorista separatista. Eles estavam preparando um ataque, segundo conseguimos determinar", afirmou o Estado Maior turco, em comunicado.

Na linguagem militar turca, o termo 'neutralizar' se refere a inimigos abatidos, feridos ou capturados, ainda que nos raros casos em que os números são detalhados, a maioria faz referência a guerrilheiros mortos.

Há uma semana, a Força Aérea da Turquia efetua incursões nas regiões do nordeste do Curdistão iraquiano, onde o PKK tem os seus quartéis centrais, para destruir refúgios e depósitos de munição da guerrilha.

O número de 13 supostos guerrilheiros abatidos é o maior indicado pelo Estado Maior nos últimos meses.