Batalha em área síria na fronteira com Iraque deixa 69 mortos em 48 horas

Beirute, 25 out (EFE).- Pelo menos 69 pessoas morreram em combates nas últimas 48 horas entre os soldados governamentais sírios e o grupo Estado Islâmico (EI) na cidade síria de Al Bukamal, na fronteira com o Iraque, informou nesta quarta-feira o Observatório Sírio de Direitos Humanos.

Segundo esta fonte, entre os mortos há 27 soldados leais ao governo de Damasco, dos quais 13 são sírios e os demais estrangeiros de nacionalidade libanesa e outros países árabes e asiáticos.

O EI, por sua parte, sofreu 42 baixas nas suas fileiras durante os enfrentamentos.

Os choques se concentram na chamada Estação II ao sudoeste da cidade de Al Bukamal.

Tanto as imediações da Estação II como o deserto de Al Bukamal são alvo de intensos bombardeios da aviação que miram nas posições do EI.

Al Bukamal é a última cidade que os radicais controlam totalmente na Síria, já que o resto dos seus domínios são povoados ou aldeias.

O exército sírio, que está respaldado pela força aérea da Rússia, desenvolve desde o início de setembro uma ofensiva contra o EI em Deir ez-Zor.

Atualmente, há enfrentamentos entre o EI e os efetivos governamentais sírios em distintas áreas da província, como sua capital homônima, os arredores de Al Bukamal e da cidade de Al Mayadin e os povoados de Quria e Al Ashara.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos