Cinco membros da mesma família são assassinados em Honduras

Tegucigalpa, 25 nov (EFE).- Cinco membros de uma mesma família foram assassinados em Honduras por duas pessoas, uma delas menor de idade, que foram detidos neste sábado pelas forças da ordem, informou a Polícia Nacional.

O múltiplo crime foi registrado na quinta-feira, mas foi informado somente neste sábado, na região de Brus Laguna, no departamento caribenho de Gracias a Dios, fronteiriço com a Nicarágua e conhecido popularmente como La Mosquitia, indicou a Polícia hondurenha em comunicado.

As vítimas mortais foram identificadas como Mauricio Eude, um pastor evangélico; a filha Nena Eude, e os netos Iris, Keie e Jefferson, todos menores de idade, acrescentou.

Segundo investigações da polícia hondurenha, os dois detidos estavam sob efeitos das drogas quando atacaram as vítimas.

Tino Reyes, um dos detidos neste sábado, era empregado do pastor evangélico em um sítio situada perto do rio Sirpi, afirmou a polícia, que indicou que até agora não determinou o motivo do múltiplo crime.

As autoridades hondurenhas indicaram que Reyes, de 26 anos, e o menor de idade serão postos à disposição da Promotoria de Graças a Deus para "o respectivo processo legal contra si".

Segundo números oficiais, neste ano em Honduras foi registrada uma média de 11 assassinatos a cada dia.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos