Mais de 450 imigrantes são resgatados no Mediterrâneo em ação coordenada

Roma, 25 nov (EFE).- Cerca de 470 imigrantes foram resgatados neste sábado enquanto viajavam a bordo de várias embarcações no Mediterrâneo Central, informaram à Agência Efe fontes da Guarda Costeira italiana, que coordenou o dispositivo de salvamento.

No total, foram realizadas cinco operações de salvamento em águas internacionais diante do litoral da Líbia.

Participaram do dispositivo vários barcos da Guarda Costeira italiana, da Marinha Militar italiana, da operação comunitária EUNavforMed e da agência para a proteção de fronteiras europeias Frontex.

Também interveio um embarcação mercantil e o navio "Aquarius" da organização humanitária SOS Mediterranée, que indicou que a embarcação acolhe atualmente mais de 400 pessoas, entre elas mulheres e crianças e todos "sãos e salvos".

Neste ano, até 24 de novembro, desembarcaram em portos italianos 115.159 imigrantes resgatados no mar, 32,55% a menos que no mesmo período do ano passado, de acordo com dados facilitados pelo Ministério do Interior em Roma.

No entanto, o fluxo migratório desde o norte da África para a Europa, especialmente entre Líbia e a Itália, segue muito ativo.

Neste sábado ocorreu uma outra tragédia diante do litoral líbio, após o naufrágio de duas embarcações precárias na qual faleceram mais de 30 pessoas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos