ONU anuncia que governo sírio aceitou estabelecer trégua em Ghouta Oriental

Genebra, 28 nov (EFE).- O enviado especial da ONU para a Síria, Staffan De Mistura, anunciou nesta terça-feira que o governo sírio aceitou uma trégua em Ghouta Oriental, nos arredores de Damasco, um cessar-fogo proposto na segunda-feira pela Rússia.

"Fui informado pelos russos de que tinham proposto um cessar-fogo em Ghouta Oriental e que o governo o aceitou", disse o mediador à imprensa, depois de se reunir com o chefe negociador da Comissão Suprema para Negociações (CSN), Nasser Hariri.

O Ministério de Defesa da Rússia propôs na segunda-feira que fosse decretado um cessar-fogo total em Ghouta Oriental de 48 horas a partir de hoje.

"Teremos que ver se, efetivamente, será cumprido, mas não é coincidência que tenha sido proposto justamente no início desta sessão" de negociações, acrescentou o mediador.

Ghouta Oriental, em área rebelde, está sitiada pelo regime sírio e foi bombardeada intensamente por sua aviação nas últimas semanas, o que provocou dúzias de vítimas civis.

Por enquanto, o governo sírio não se pronunciou sobre estes relatos, embora o anúncio coincida com o começo de uma nova rodada de negociações de paz em Genebra, promovidas pela ONU.

O processo começou hoje com a ausência da delegação governamental, que adiou em dois dias sua chegada em protesto pela solicitação da oposição para que o presidente sírio, Bashar al Assad, deixe o poder ao início de um eventual etapa de transição.

A expectativa é que a delegação governamental chegue amanhã.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos