Polícia da Califórnia prende pais por sequestrar e torturar seus 13 filhos

(Atualiza com novos dados).

Washington, 15 jan (EFE).- Um pai e uma mãe foram detidos nesta segunda-feira na Califórnia e indiciados pelo crime de tortura após a polícia descobrir que mantinham seus 13 filhos sequestrados em condições insalubres, informou nesta segunda-feira a imprensa local.

Os filhos, de idades entre 2 e 29 anos, foram encontrados amarrados às camas e com sinais de desnutrição na casa da família, segundo indicaram em um comunicado as autoridades do condado de Riverside, no sul da Califórnia.

Os pais, David Allen Turpin (57 anos) e Louise Anna Turpin (49), foram indiciados por tortura e por colocar em risco a vida de seus filhos, e foram levados ao centro de detenção local Robert Presley, com uma fiança de US$ 9 bilhões para cada um.

A polícia descobriu o que estava ocorrendo graças ao fato de que uma das vítimas, uma jovem de 17 anos, conseguiu fugir da residência familiar na cidade de Perris e ligou para os agentes de um telefone que encontrou na casa.

Segundo o relato policial, a menina narrou uma situação assombrosa: seus 12 irmãos e irmãs estavam sequestrados pelos seus pais na casa da família, alguns inclusive com correntes e cadeados.

Então, os agentes contactaram os pais, que "não conseguiram dar uma razão lógica ao fato de que seus filhos estavam sendo mantidos desta maneira", explicaram os policiais.

Os agentes se surpreenderam ao ver que muitas das vítimas aparentavam ser bem mais novas do que realmente são, provavelmente devido às péssimas condições nas quais foram retidos pelos seus pais.

A jovem que os avisou, por exemplo, tem 17 anos mas os agentes estimaram que ela parecia ser cerca de 10.

Além disso, a polícia pensou que todos eram menores, mas na realidade sete são adultos entre 18 e 29 anos.

Os agentes encontraram na casa "várias dos filhos amarrados às suas camas com correntes e fechaduras em um ambiente escuro e fedorento", segundo a descrição policial, além disso, os irmãos estavam "sujos" e pareciam "desnutridos".

Tanto os seis menores como os sete adultos vítimas deste sequestro estão recebendo tratamento em hospitais da região.

Eles receberam imediatamente comida e bebida; a maioria deles disseram estar "famintos".

Os serviços de proteção social colaboram na investigação.

Segundo informação pública obtida pela mídia local, os pais residiam neste endereço desde 2010 e anteriormente moraram durante muitos anos no Texas.

Além disso, eles faliram duas vezes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos