Apesar de trégua, Exército sírio ataca reduto opositor próximo a Damasco

Cairo, 27 jan (EFE).- Tropas leais ao presidente da Síria, Bashar al Assad, lançaram na madrugada e ao longo da manhã deste sábado ataques aéreos e de artilharia contra a região de Ghouta Oriental, principal bastião da oposição nos arredores de Damasco, apesar de uma trégua negociada pela Rússia ter entrado em vigor ontem.

O Observatório Sírio de Direitos Humanos explicou em comunicado que o Exército do país lançou dois mísseis do tipo terra-terra contra a periferia de Arbin, já depois do início do cessar-fogo, que começou à meia-noite de ontem. Cerca de uma hora depois, um terceiro míssil atingiu os arredores de Harasta.

Ao longo da manhã deste sábado, segundo o Observatório, outros seis mísseis foram lançados contra Arbin, causando grandes danos materiais. Ainda não há informações sobre vítimas.

As forças leais a Al Assad também lançaram dois projéteis de artilharia contra Nashabiya e Hazarma, também em Ghouta Oriental.

Uma trégua em Ghouta Oriental foi anunciada na noite de ontem após um acordo entre os grupos Legião da Misericórdia e Exército do Islã e o governo, com mediação da Rússia, aliada de Al Assad.

A Legião da Misericórdia impôs a chegada de ajuda humanitária à região como condição para aderir à trégua, dando um prazo máximo de 48 horas para que isso seja cumprido.

Além disso, a Organização para a Libertação do Levante, a aliança comandada pela ex-filial síria da Al Qaeda, também teria sido incluída no pacto de forma informal, segundo o Observatório.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos