Turquia exige que EUA retirem tropas da região síria de Manbech

Istambul, 27 jan (EFE).- Os Estados Unidos devem retirar de forma imediata todas as suas tropas da região de Manbech, no norte da Síria, devido aos planos do Exército turco de invadir a área, afirmou neste sábado o chanceler da Turquia, Mevlüt Cavusoglu.

Segundo o jornal "Hürriyet", o ministro de Relações Exteriores da Turquia indicou que o governo do presidente Recep Tayyip Erdogan deseja ver medidas concretas dos EUA para pôr fim ao apoio às Unidades de Proteção do Povo Curdo (YPG), uma milícia curdo-síria considerada como terrorista pelo Executivo curdo.

O Exército da Turquia lançou no último sábado uma operação contra a região de Afrin, na fronteira da Síria com o país, para evitar que os curdos se estabeleçam na região. As YPG foram apoiadas pelos EUA na luta contra o grupo terrorista Estado Islâmico (EI).

Erdogan afirmou ontem que o Exército turco irá expulsar as YPG de Afrin até empurrar a milícia curda para a fronteira com o Iraque.

No meio do caminho até a fronteira está a cidade de Manbech, onde os americanos mantêm centenas de soldados que ajudaram na luta contra o EI na Síria.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos