Topo

Morre na Espanha aos 113 anos o homem mais velho do mundo

Efe
Imagem de arquivo mostra Francisco Núñez Olivera comemorando aniversário de 113 anos Imagem: Efe

Em Badajoz (Espanha)

30/01/2018 08h28

O homem mais velho do mundo, Francisco Núñez Olivera, morreu aos 113 anos na cidade de Bienvenida, na província de Badajoz, no sudoeste da Espanha, município onde será enterrado nesta terça-feira.

O idoso morreu ontem à noite em sua casa, junto com sua filha Antonia, de 82 anos, segundo confirmou hoje à Agência Efe o prefeito da cidade, que declarou que "é uma pena para todo o povo e todo o mundo".

Em agosto do ano passado, e após a morte do israelense Yisrael Kristal, Francisco Núñez passou a ser considerado o homem mais velho do mundo.

Núñez nasceu e morreu em Bienvenida, uma cidade da região de Extremadura com 2.300 habitantes, que tem outros 30 moradores com mais de 90 anos.

O espanhol completou 113 anos no último dia 13 de dezembro, com alegria no seu rosto e "satisfeito" em sua alma, segundo costumava dizer.

O idoso não tinha dores nem doenças, segundo sua filha, e até os 104 anos passeava pelo povoado, perto do campo que cultivava e do qual se alimentava.

Francisco Núñez tem ainda dois irmãos vivos, um de 97 anos e outra de 93.