Soldado da coalizão internacional morre no Afeganistão

Washington, 20 fev (EFE).- Um soldado da coalizão internacional liderada pelos Estados Unidos que combate contra o jihadismo no marco da operação "Inherent Resolve" morreu no domingo por causas não relacionadas com uma ação de combate, segundo informaram nesta terça-feira fontes do Departamento de Defesa dos EUA.

Os detalhes sobre a identidade do morto e sobre as circunstâncias de sua morte, que ainda estão sob investigação, serão divulgados "de acordo com a vontade das autoridades nacionais pertinentes", informou o Comando Central dos EUA (CENTCOM), encarregado das operações militares no Oriente Médio.

O Exército americano lidera no Afeganistão uma coalizão internacional formada por mais de 60 países que combatem o terrorismo islamita, principal objetivo da operação "Inherent Resolve" ("Apoio Decidido"), que conta com a aprovação de uma resolução do Conselho de Segurança das Nações Unidas.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Receba por e-mail as principais notícias sem pagar nada.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos