Polícia confirma 9 mortos e 16 feridos em atropelamento em Toronto

Toronto, 23 abr (EFE).- A polícia confirmou que pelo menos nove pessoas morreram e outras 16 ficaram feridas em Toronto depois que uma van subiu na calçada de uma movimentada rua da cidade e atropelou um grupo de transeuntes.

As informações foram confirmadas por um porta-voz policial que falou com a imprensa sobre o incidente, que aconteceu às 13h30 (horário local, 14h30 de Brasília), após o que o motorista da caminhonete foi detido.

Dos 16 feridos, dois estão em condição crítica e outros dois em estado grave.

O prefeito de Toronto, John Tory, recomendou aos estabelecimentos situados nos arredores do local onde aconteceu o incidente que fechem suas portas e ao público que evite o lugar para facilitar a investigação policial.

Nem Tory nem a polícia de Toronto comentaram se o atropelamento foi um acidente ou uma ação premeditada.

O incidente coincidiu com a realização em Toronto da cúpula de ministros das Relações Exteriores do G7 (Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Reino Unido, Itália e Japão) que estão tratando, entre outros temas, de medidas antiterroristas e contra o extremismo jihadista.

O primeiro-ministro canadense, Justin Trudeau, afirmou de Ottawa que seus pensamentos "estão com todos os afetados pelo terrível incidente".

"Graças às equipes de emergência trabalhando no lugar, estamos monitorando a situação de forma estreita", acrescentou Trudeau.

O ministro de Segurança Pública do Canadá, Ralph Goodale, se negou a especular se o incidente é um atentado como os que aconteceram em várias cidades europeias nos últimos meses, mas ressaltou que o país mantém o nível de ameaça que existia antes do atropelamento.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

UOL Cursos Online

Todos os cursos