PUBLICIDADE
Topo

Colégio Bandeirantes registra segundo caso de suicídio em 15 dias

24/04/2018 23h11

São Paulo, 25 abr (EFE).- Uma das instituições de ensino mais tradicionais da cidade de São Paulo, o Colégio Bandeirantes informou aos pais, por meio de um comunicado, sobre duas mortes por suicídio de alunos em um intervalo de duas semanas.

A escola localizada no bairro Vila Mariana lamentou os casos e disse que está "acolhendo os alunos mais vulneráveis" e planejando "diversas ações de trabalho em posvenção, com assessoria de uma especialista em prevenção ao suicídio e luto por suicídio".

"É com tristeza e pesar que comunicamos o falecimento de um de nossos alunos do 3º ano do Ensino Médio. No intervalo de duas semanas, passamos duas vezes pela situação de mortes por suicídio. Contudo, compreendemos que cada morte deve ser tratada como um caso singular e por isso, a escola procura posicionar-se respeitando as decisões e os desejos de cada família", diz o comunicado.

As aulas das turmas do terceiro ano do ensino médio foram suspensas ontem, e hoje foram organizados espaços para "reflexão, diálogo e ações de acolhimento e de ajuda em situações de crise" com apoio de uma psicóloga.

"Em relação às demais séries, a escola está preparada para receber os alunos nesse momento tão difícil e juntos, ajudá-los no enfrentamento do luto", acrescenta a nota.