Ataque suicida contra comboio da Otan mata 11 crianças no Afeganistão

Cabul, 30 abr (EFE).- Pelo menos 11 crianças morreram e outras 17 pessoas ficaram feridas, entre elas cinco soldados romenos da Otan, em um ataque suicida nesta segunda-feira contra um comboio das forças aliadas na província de Kandahar, no sul do Afeganistão.

Um suicida detonou um carro-bomba contra um comboio de militares romenos da Otan quando passava perto de uma mesquita, provocando uma potente explosão que derrubou um muro que cercava o pátio do recinto religioso, disse à Agência Efe o porta-voz da Polícia provincial, Matiullah Helal.

As crianças, que estavam no pátio da mesquita, morreram ao serem atingidas pelos estilhaços e esmagados pelos escombros do muro destruído pela explosão, que aconteceu no distrito de Daman por volta das 10h30 (horário local, 3h em Brasília), acrescentou o porta-voz.

Outras 12 pessoas, entre elas mulheres e crianças, ficaram feridas no ataque e foram levadas a hospitais da região.

Helal afirmou que cinco militares romenos ficaram também feridos.

O porta-voz das forças aliadas no Afeganistão Robert Kearley disse que a missão está o par das informações que estão sendo diivulgadas pelos veículos de imprensa e estão investigando o sucedido.

No ano passado, 861 crianças morreram e 2.318 ficaram feridas como consequência do conflito no Afeganistão, segundo dados da Missão de Assistência das Nações Unidas no país asiático (Unama).

Em janeiro de 2015, a Otan finalizou sua missão de combate no Afeganistão e a substituiu por uma de treino e assessoria às tropas afegãs, que atualmente conta com cerca de 14 mil soldados.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos