Moeda do encontro suspenso Trump-Kim causa frisson entre colecionadores

Washington, 25 mai (EFE).- Uma moeda comemorativa da cúpula entre o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, e o líder da Coreia do Norte, Kim Jong-un, está causando agitação entre os colecionadores, mesmo com a realização do encontro estando suspensa.

O objetivo, que diminuiu de preço depois das últimas mudanças sobre a reunião, se transformou em imperativo para alguns colecionadores independentemente do resultado das negociações entre os dois países, explicou a "White House Gift Shop", a loja oficial de produtos da Casa Branca. No site, a peça que é descrita como "relíquia histórica da história política" era inicialmente vendida por US$ 24,95 e agora está a US$ 19,95.

Caso o encontro não aconteça, os clientes poderão pedir reembolso, mas o site afirma que "virtualmente todos os consumidores" pediram que a fabricação aconteça tendo ou não a reunião.

"Eu praticamente posso garantir que irão se esgotar", disse Rick Harrison, proprietário de uma casa de penhor em Las Vegas, em entrevista à rede "NBA".

Após anunciar o cancelamento da cúpula alegando hostilidades por parte do governo norte-coreano, Trump disse hoje que o encontro pode acontecer em Cingapura, no dia 12 de junho, como estava previsto inicialmente, e garantiu que existe um diálogo entre ambas as partes.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Newsletter UOL

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos