PUBLICIDADE
Topo

Corte Internacional de Justiça convoca EUA por denúncia feita pelo Irã

25/07/2018 13h34

Haia, 25 jul (EFE).- O presidente da Corte Internacional de Justiça (CIJ), Abdulqawi Ahmed Yusuf, anunciou nesta quarta-feira que convocou o secretário de Estado dos EUA, Mike Pompeo, para realizar uma reunião prévia ao julgamento que tratará a denúncia do Irã contra os EUA por abandonar o pacto nuclear.

O alto tribunal da ONU enviou um "comunicado urgente" a Pompeo com cópia à delegação do Irã em relação à CIJ, indicou a instituição em comunicado.

O julgamento será realizado nas próximas semanas, mas o presidente do CIJ tem o poder de "solicitar às partes que atuem dessa maneira para que qualquer ordem que a Corte possa ditar sobre a solicitação de medidas provisórias tenha os efeitos apropriados", segundo dizem as normas do tribunal.

O país persa denunciou na semana passada os EUA e pediu que sejam estabelecidas medidas provisórias para "garantir a suspensão" das sanções anunciadas por Washington em 8 de maio.

Estas devem entrar em vigor entre agosto e novembro, e entre elas são incluídas restrições à aquisição de dívida iraniana, à compra de petróleo e produtos petroquímicos e às transações de instituições financeiras com o Banco Central do Irã.

A data da reunião com Pompeo será anunciada nos próximos dias e vai acontecer antes do julgamento, após o qual os juízes decidirão se ordenam as medidas provisórias solicitadas pelo Irã.

Este tipo de reuniões não são frequentes e ocorrem quando a intervenção da Corte pode prevenir uma escalada das tensões, explicaram fontes da CIJ à Efe.