Atropelamento na China deixa pelo menos 9 mortos e 43 feridos

Da EFE, em Pequim

  • Reprodução

    Homem atropelou dezenas de pessoas em uma praça movimentada da cidade de Hengyang; pelo menos 9 morreram e 43 estão feridos

    Homem atropelou dezenas de pessoas em uma praça movimentada da cidade de Hengyang; pelo menos 9 morreram e 43 estão feridos

Pelo menos nove pessoas morreram e 43 ficaram feridas ao serem atropeladas propositalmente nesta quarta-feira por um motorista que dirigia um automóvel em uma praça movimentada na da cidade chinesa de Hengyang, na província de Hunan, informou a imprensa local.

O motorista, um homem de 54 anos chamado Yang Zanyun, foi detido pela polícia depois do incidente, no qual invadiu com seu carro a praça Binjiang por volta das 19h40 (horário local, 8h40 em Brasília).

Leia também:


Yang também pode ter atacado os pedestres com uma arma branca, já que alguns veículos de imprensa informaram que algumas das vítimas apresentam ferimentos de faca.

As autoridades locais indicaram em comunicado que consideram o incidente um fato "deliberado" e com intenção de causar o máximo possível de dano, mas ainda não o qualificaram como ataque terrorista.


Yang aparentemente tem antecedentes criminais por delitos relacionados com drogas e incêndios deliberados, segundo o comunicado do governo local, que afirmou que a polícia continua as investigações e os feridos foram interrogados.

Vídeos feitos por testemunhas mostram dezenas de pessoas correndo em pânico para fugir da praça, assim como pessoas feridas no chão e outras tentando ajudá-las.

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

UOL Newsletter

Para começar e terminar o dia bem informado.

Quero Receber

Veja também

UOL Cursos Online

Todos os cursos