PUBLICIDADE
Topo

Facebook retira anúncio anti-imigração de Trump: "Sensacionalista"

05/11/2018 23h31

San Francisco (EUA), 5 nov (EFE).- O Facebook anunciou nesta segunda-feira que decidiu retirar o polêmico anúncio anti-imigração da campanha do Partido Republicano por considerar que seu conteúdo "sensacionalista" transgride as políticas da companhia.

Em comunicado, a empresa dirigida por Mark Zuckerberg indicou que, embora o vídeo possa continuar sendo compartilhado pelos usuários, a rede social não permitirá que se pague para sua divulgação como ocorria até agora.

Meios de comunicação locais calculam que os republicanos gastaram entre US$ 28.000 e US$ 100.000 para promover o anúncio no Facebook e que este recebeu entre 2,8 milhões e 5 milhões de visitas na plataforma.

A ação do Facebook acontece depois que duas das principais emissoras de televisão do país, a "NBC" e a conservadora Fox "News", tomaram a mesma decisão nas últimas horas, sendo que a "CNN" negou sua transmissão desde um primeiro momento.

O anúncio foi transmitido ontem pela "NBC" no intervalo de uma partida entre o New England Patriots e o Green Bay Packers pela NFL e procede da campanha do presidente Donald Trump para as eleições de metade de mandato que acontecem amanhã.

Nele se relaciona os migrantes da caravana procedente da América Central com um criminoso condenado nos EUA por matar dois policiais em 2014, Luis Bracamontes.

"Os perigosos criminosos ilegais como o assassino de policiais Luis Bracamontes não se importam com nossas leis", assegura o anúncio, uma versão resumida de outro compartilhado pelo próprio Trump na semana passada em sua conta do Twitter, que também incluía uma acusação aos democratas por permitir que Bracamontes entrasse no país.

O anúncio provocou várias críticas, entre elas a da atriz Debra Messing, protagonista da série "Will e Grace", produzida pela "NBC", que disse aos seus seguidores no Twitter estar "envergonhada" de que sua emissora tivesse transmitido "esse repugnante anúncio racista".

"É a antítese de tudo no que pessoalmente acredito e do que, penso eu, trata o nosso show", lamentou a atriz através da rede social.