PUBLICIDADE
Topo

Jovem é detida na Nicarágua por jogar bebê em tanque de vaso sanitário

31/12/2018 20h26

Manágua, 31 dez (EFE).- A polícia da Nicarágua prendeu a jovem que atirou seu bebê no tanque de um vaso sanitário após dar à luz em um banheiro de um hospital do país, onde a criança acabou morrendo, informou nesta segunda-feira o governo local.

A jovem de 19 anos, Angie Castro, foi detida como responsável pela morte do bebê e está sendo mantida sob observação médica depois de explicar à polícia como seu filho chegou ao tanque do vaso, segundo afirmou a imprensa local.

Castro relatou que o bebê saiu do seu ventre de maneira espontânea no sábado, aos oito meses de gestação, enquanto usava o banheiro da sala de emergências do Hospital Victoria Motta, na cidade de Jinotega, no norte da Nicarágua.

O bebê caiu diretamente no interior do vaso, e por acreditar que estava morto, rompeu com as suas mãos o cordão umbilical e escondeu a criança no tanque, que foi achada sem vida por outras pacientes ao verem que o vaso sanitário não funcionava, segundo o relato.

A jovem disse ter estado pressionada porque supostamente o pai do bebê, Ali Gutiérrez, de 22 anos, insistiu para que abortasse, quando descobriu que estava grávida, durante o sexto mês de gestação.

A polícia afirmou que continuará as investigações quando a jovem receber alta do hospital, onde permanece sob vigilância. EFE