Topo

Presidente do Uruguai revela ter nódulo pulmonar que pode ser maligno

20/08/2019 18h37

Montevidéu, 20 ago (EFE).- O presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez, anunciou nesta terça-feira que foi diagnosticado com um nódulo pulmonar que pode ser maligno, e por isso será internado nos próximos dias.

"Dentro dos exames médicos que realizo de maneira regular e periódica, neste último recente, em uma tomografia, foi comprovada a existência de um nódulo no pulmão direito com caraterísticas muito firmes e que pode se tratar de um processo maligno", declarou o governante em um pronunciamento que contou com a presença de diversos ministros.

Vázquez, de 79 anos, disse que, apesar desta descoberta, se sente bem de saúde e não notou sintoma algum, e que passará por novos exames que definirão "o diagnóstico definitivo" e tratamentos.

Oncologista reconhecido no Uruguai e que já tinha sido presidente de 2005 a 2010, Vásquez afirmou também que todos os exames e tratamentos pelos quais passará serão feitos no próprio país, que segundo ele conta com "um corpo médico de excelência", tecnologia de vanguarda e está "entre os melhores do mundo em assistência médica".

Segundo o político, antes dos exames que revelaram o tumor, não tinha qualquer indício de problemas com sua saúde.

Vázquez, que há alguns dias não aparecia publicamente, perdeu a esposa, María Auxiliadora Delgado, em 31 de julho, vítima de um infarto.

Apesar do anúncio, o presidente uruguaio não falou se pretende renunciar para cuidar da saúde. O mandato de Vásquez termina em 1º de março de 2020. EFE

Mais Notícias