Topo

Chef italiano é encontrado morto em Nova York

22/08/2019 20h27

Nova York, 22 ago (EFE).- O chef de cozinha italiano Andrea Zamperoni, do prestigiado restaurante Cipriani Dolci, de Nova York, foi encontrado morto em circunstâncias estranhas nesta quinta-feira, quatro dias depois de ter sido dado como desaparecido, segundo informações da imprensa local.

O corpo de Zamperoni, de 33 anos, foi encontrado envolvido em um lençol em um hotel do distrito de Queens, que, de acordo com a emissora "ABC7", é uma área conhecida por ser frequentada por prostitutas e usuários de drogas.

Os detetives chegaram ao local depois de terem recebido informações de um homem não identificado e foram recebidos por uma mulher nua, que lhes mostrou onde estava o corpo do jovem.

O passaporte do chef foi encontrado em sua casa, localizada perto de onde Zamperoni foi achado. O corpo foi identificado por dois de seus irmãos, logo depois que chegaram de Londres, e será submetido a uma autópsia para esclarecer os motivos da morte.

O italiano trabalhava na rede Cipriani desde 2008, tinha se mudado para Nova York em abril. Seus colegas de trabalho denunciaram o desaparecimento na última segunda-feira, um dia depois de ele ter sido visto pela última vez. EFE

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{user.alternativeText}}
Avaliar:

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Notícias