Topo

Macron alerta que tensões comerciais "afetam todo o mundo"

24/08/2019 09h54

Biarritz (França), 24 ago (EFE).- O presidente da França, Emmanuel Macron, alertou neste sábado que as tensões comerciais "afetam todo o mundo" e disse esperar que a cúpula do G7 que começa neste sábado ajude a solucioná-las.

Em mensagem transmitida pela televisão e divulgada poucas horas antes do início oficial do evento em Biarritz, no sudoeste do país, Macron afirmou ter o objetivo de convencer os demais integrantes do grupo de que "as tensões, especialmente as comerciais, são ruins para todos".

"Devemos conseguir uma espécie de desescalada, estabilizar a situação, evitar esta guerra comercial que está surgindo em diversas partes do mundo", declarou o chefe de Estado francês.

Para Macron, a cúpula, que reunirá até segunda-feira os líderes de França, Alemanha, Reino Unido, Itália, Estados Unidos, Canadá e Japão, além da União Europeia, "é útil e importante, porque sem ela cada um iria para o próprio lado".

O apelo de Macron foi feito em plena intensificação da guerra comercial entre China e EUA. Ontem, o presidente americano, Donald Trump, confirmou aumentos de duas tarifas que já tinham sido anunciadas a produtos chineses para retaliar encargos sobre produtos americanos com os quais a China respondeu às primeiras sobretaxas.

Além disso, Trump ameaçou impor tarifas ao vinho francês em resposta à aprovação, pela França, da chamada "taxa Gafa" (acrônimo que se refere a Google, Apple, Facebook e Amazon), que obriga cerca de 30 companhias de tecnologia que prestam serviços no país a pagarem um imposto de 3% sobre suas receitas. EFE

Mais Notícias