Topo

Colisão entre helicóptero e ultraleve durante voo na Espanha deixa 7 mortos

25/08/2019 13h24

(Atualiza número de vítimas e acrescenta informações)

Palma de Mallorca (Espanha), 25 ago (EFE).- Uma colisão entre um helicóptero e um ultraleve em pleno voo matou neste domingo sete pessoas, duas delas menores de idade, informaram à Agência Efe a Guarda Civil da Espanha e o governo regional das Ilhas Baleares.

O acidente aconteceu às 13h35 (horário local; 8h35 de Brasília), e os destroços das aeronaves caíram na parte central da ilha, sem deixar feridos. Os cinco ocupantes do helicóptero - entre os quais estavam os dois menores - e os dois do ultraleve morreram.

Os quatro passageiros do helicóptero eram alemães - um casal e os dois filhos -, e o piloto era italiano. Os dois ocupantes do ultraleve eram o piloto, espanhol, e um amigo, cuja nacionalidade não foi divulgada.

O helicóptero, do modelo Bell 216, havia decolado no aeroporto de Son Bonet, nos arredores de Palma, a capital de Maiorca, usado também por aviões de pequeno porte. A aeronave, com capacidade para cinco pessoas, voava sem copiloto, já que o que estava programado para estar a bordo decidiu abrir mão do lugar em favor de um dos membros da família.

Segundo fontes da investigação, a família alemã iria almoçar com amigos na cidade de Camp de Mar, no oeste de Maiorca, e antes queria fazer um passeio aéreo para conhecer a ilha.

As aeronaves caíram na parte central da ilha, em duas proproedades rurais cujos proprietários tentaram prestar os primeiros socorros e pediram ajuda. Pouco depois, os bombeiros chegaram e começaram a trabalhar para apagar as chamas.

O presidente do Governo espanhol, Pedro Sánchez, lamentou no Twitter o acidente e prestou "solidariedade e carinho" às famílias das vítimas. EFE

Mais Notícias