Topo

Presidente interino da Argélia convoca eleições para dezembro

15/09/2019 18h50

Argel, 15 set (EFE).- O presidente interino da Argélia, Abdelkader Bensalah, anunciou neste domingo que as eleições para definir o seu substituto acontecerão no dia 12 de dezembro.

Em discurso à nação, Bensalah, que assumiu o cargo após a renúncia forçada de Abdulaziz Bouteflika, em abril, revelou que havia convocado a instância eleitoral e assinado o decreto mais cedo. Dessa forma, ele seguiu uma sugestão do chefe do Exército e novo homem forte do país, Ahmed Gaid Salah, apesar da oposição do movimento popular Hirak.

"Convoco os cidadãos a se mobilizarem para fazer destas eleições o ponto de partida do processo de renovação da nossa nação, e a trabalhar, em massa e fortemente, para o sucesso do pleito", declarou o presidente interino.

"O processo permitirá ao nosso povo escolher um novo presidente que terá toda a legitimidade para presidir os destinos do nosso país e realizar as aspirações do nosso povo", completou.

Dezenas de milhares de argelinos voltaram a sair às ruas das principais cidades do país na última sexta para exigir o fim do regime militar liderado por Gaid Salah, novo homem forte do país, aos gritos de "queremos um estado civil, não militar".

"Pela sua importância, esta eleição será uma oportunidade sem precedentes para gerar confiança no país e abrirá o caminho para o nosso povo rumo a um horizonte promissor de consolidação da prática democrática", finalizou Bensalah. EFE

Mais Notícias