Topo

Gotabaya Rajapaksa é eleito presidente do Sri Lanka com 52% dos votos

17/11/2019 10h25

Colombo, 17 nov (EFE).- A Comissão Eleitoral do Sri Lanka anunciou neste domingo a vitória de Gotabaya Rajapaksa, do partido Sri Lanka Podujana Peramuna (SLPP), nas eleições presidenciais do país com o apoio de 52% dos eleitores.

O antigo secretário de Defesa e irmão do ex-presidente Mahinda Rajapaksa venceu as eleições com 6.924.255 votos (52,25%), segundo anúncio do presidente da Comissão Eleitoral, Mahinda Deshapriya, ao apresentar os resultados oficiais.

A segunda colocação ficou com Sajith Premadasa, candidato do Partido Nacional Nacional (UNP) e da aliança da Nova Frente Democrática (NDF), que recebeu 5.564.239 votos (41,99%).

As eleições realizadas ontem, nos 22 distritos do país, aconteceram sob a sombra dos ataques jihadistas, onde no mês de abril, 269 pessoas morreram e mais de 400 ficaram feridas.

"Sou grato pela oportunidade de ser presidente, não apenas daqueles que votaram em mim, mas como presidente de todo o povo do Sri Lanka. A confiança que vocês investiram em mim é profundamente comovente e ser seu presidente será a maior honra da minha vida", escreveu Gotabaya Rajapaksa no Twitter.

O porta-voz do SLPP, Keheliya Rambukwella, informou que o novo presidente fará um juramento amanhã na cidade de Anuradhapura, considerado um local sagrado para a maioria budista da etnia cingalesa.

A vitória do irmão do ex-presidente Mahinda Rajapaksa representará o retorno ao poder de uma família que encerrou de forma sangrenta a guerra civil contra as guerrilhas dos Tigres de Liberação do Tamil Eelam (LTTE).

Durante a campanha, o ex-secretário focou no medo da população após os ataques de abril, se apresentando como um herói de guerra capaz de garantir a identidade e a segurança nacionais. EFE

Notícias