PUBLICIDADE
Topo

Vaticano diz "acolher com fervor" anulação de condenação de ex-tesoureiro

07/04/2020 21h21

Roma, 7 abr (EFE).- O Vaticano se manifestou nesta terça-feira sobre a decisão do Supremo Tribunal da Austrália, que anulou a sentença de seis anos de prisão imposta ao cardeal George Pell por abuso sexual de dois menores nos anos 90.

"A Santa Sé, que sempre confiou na autoridade judiciária australiana, acolhe com fervor a sentença unânime proferida pelo Supremo Tribunal em relação ao cardeal George Pell", diz comunicado sobre o ex-tesoureiro do Vaticano.

O texto destaca que o cardeal sempre alegou inocência e que esperava que a verdade fosse apurada.

"A Santa Sé aproveita a ocasião para reafirmar o compromisso com a prevenção e a perseguição de qualquer tipo de abuso contra menores", acrescenta o comunicado divulgado hoje.

O processo por pedofilia contra o cardeal, que ocupou aquele que é visto como o terceiro cargo mais importante do Vaticano, foi baseado no depoimento de uma das duas supostas vítimas, que o denunciou em 2014, depois que a outra morreu de overdose. EFE

ccg/bg

Notícias