PUBLICIDADE
Topo

Reino Unido registra mais 138 mortes em decorrência da Covid-19

14/07/2020 18h48

Londres, 14 jul (EFE).- O Reino Unido registrou nesta terça-feira mais 138 mortes em decorrência da Covid-19, a doença provocada pelo novo coronavírus, segundo boletim apresentado pelo Ministério da Saúde do país.

Com isso, o total de óbitos desde o início da pandemia é elevado para 44.968.

Além disso, as autoridades britânicas indicaram que foram contabilizados mais 398 casos de infecção, fazendo a quantidade geral subir para 291.373.

Como o governo indica o número de óbitos que tiveram a causa por Covid-19 confirmadas em um teste, outros dados de entidades independentes apontam que a quantidade real é muito maior do que a oficial.

Após completar nesta segunda-feira uma das fases finais do processo de relaxamento de medidas, com a abertura de centros de estética e spas, o governo britânico tornará obrigatório o uso de máscara em estabelecimentos comerciais e supermercados ingleses.

Com isso, a partir do dia 24, quem não estiver com o item de proteção, deverá pagar multa de 100 libras (R$ 680,80), segundo o ministro da Saúde, Matt Hancock.

De acordo com o titular da pasta, os estabelecimentos poderão negar a entrada das pessoas que não estiverem com o rosto coberto, com exceção de crianças menores de 11 anos de idade ou portadores de necessidades especiais.

A norma chega depois de vários dias de mensagens contraditórias do governo do primeiro-ministro, Boris Johnson, que decidiu seguir a linha adotada na região pela Escócia, e por outros países da Europa, como Alemanha, Espanha e Itália.

Hoje, a Academia de Ciências Médicas britânicas apontou que uma segunda onda de infecções pelo novo coronavírus, no inverno, poderia ser mais grave que a primeiras e, entre setembro deste ano e junho do próximo, matar cerca de 120 mil pessoas.