PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

OMT pede que países ibero-americanos padronizem protocolos de viagem

18/05/2021 22h57

Madri, 18 mai (EFE).- O secretário-geral da Organização Mundial de Turismo (OMT), Zurab Pololikashvili, pediu que Espanha e América Latina padronizem seus protocolos o mais rápido possível para terem um certificado que permita viagens em ambas as direcções e, dessa forma, reativar o turismo e a economia.

Durante sua participação no Congresso Ibero-Americano do Ceapi, no âmbito da Feira Internacional do Turismo em Madri (Fitur), Pololikashvili salientou que a vacinação contra a Covid-19 é "muito importante", mas insistiu que devemos tomar medidas "agora" para que as pessoas "viajem e desfrutem" e para que os trabalhadores do setor mantenham seus empregos.

Para tanto, segundo o secretário-geral da OMT, os governos devem apoiar financeiramente o setor privado e, em particular, o setor do turismo "nestes dois anos que serão especialmente difíceis".

Pololikashvili também frisou a importância de realizar esta edição de Fitur, "a primeira cúpula mundial presencial" desde o início da pandemia, e especialmente por ser em Madri, que ele descreveu como a cidade europeia mais "aberta", o que faz com que os turistas se sintam "em casa".

Minutos antes, em um breve discurso digital de boas-vindas, a ministra para Transição Ecológica espanhola, Teresa Ribera, disse que Espanha e América Latina devem trabalhar em conjunto para diminuir o consumo de combustíveis fósseis através do desenvolvimento e do investimento.