PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
15 dias

Bolívia desarticula grupo que transportava drogas para Brasil e Argentina

01/06/2021 00h26

La Paz, 31 mai (EFE).- O Ministério de Governo da Bolívia informou nesta segunda-feira que desarticulou uma "organização criminosa" que trazia drogas do Peru e a preparava em território boliviano antes de levá-la a Brasil e Argentina.

O ministro de Governo, Eduardo del Castillo, indicou em entrevista coletiva que a Força Especial de Combate ao Tráfico de Drogas (Felcn) e o Grupo de Inteligência e Operações Especiais (GIOE) identificaram e acompanharam por cinco meses esse grupo criminoso.

A droga entrava em território boliviano a partir da comunidade de Sisasani, localizada às margens do Lago Titicaca, compartilhado com o Peru, e depois era transferida para Cochabamba até chegar ao leste de Santa Cruz, onde a mercadoria era preparada.

O grupo chamado Quintana Zamora realizava "atividades relacionadas ao transporte interdepartamental que servia de fachada" para transportar drogas em meio a cimento, tijolos e gesso, segundo o boletim do Ministério de Interior.

Nas operações foi preso o suposto líder deste grupo, um homem de nacionalidade peruana que tem histórico de tráfico de drogas no país vizinho e na Bolívia, e também portava "documentação falsa", segundo disse o comunicado.

Além do líder do grupo, também foram presas cerca de uma dezena de outras pessoas envolvidas com "grau de cumplicidade ou autoria" em crimes relacionados ao tráfico de drogas.

Com o desmantelamento desse grupo e a apreensão de propriedades e veículos, além de 152 quilos de cocaína, a rede de narcotraficantes foi afetada em mais de US$ 9,7 milhões, segundo disse Del Castillo.