PUBLICIDADE
Topo

Conteúdo publicado há
1 mês

Chile registra taxa de positividade de 2%, a mais baixa do país na pandemia

27/07/2021 06h01

Santiago, 26 jul (EFE).- O Chile registrou nesta segunda-feira seu menor índice - desde o início da pandemia - de casos de covid-19 detectados a cada 100 testes RT-PCR, que foi de 2,06%.

Nas últimas 24 horas, foram relatados 1.185 novos casos e 93 mortes, elevando o total para 1,6 milhão de infectados e 35.119 mortes desde março de 2020.

Atualmente há 1.669 pacientes em unidades de terapia intensiva (UTIs) e 8.794 pacientes que estão no estágio ativo da doença.

A melhora da situação no país ocorre paralelamente a um dos processos de vacinação contra a covid-19 mais bem-sucedidos do mundo, que hoje atinge mais de 86% da população alvo com uma dose e quase 79% com a total, principalmente com a CoronaVac e, em menor grau, com as vacinas de Pfizer, AstraZeneca e Cansino.

Após três meses de uma segunda onda severa que forçou a imposição de severas restrições, o país voltou parcialmente ao normal e, nesta segunda-feira, reabriu suas fronteiras, embora somente cidadãos chilenos e residentes estrangeiros com vacinação completa estejam autorizados a voltar.

O país mantém um toque de recolher das 22h às 5h na maioria de suas regiões - começando à meia-noite em algumas - e um estado de emergência válido até outubro.