Giro UOL traz os destaques da noite desta terça, 26/04, para você; ouça

Saulo Novaes

Do UOL, em São Paulo

Plano para novo governo

Caso assuma a Presidência da República, Michel Temer quer, na parte política, trazer o "PSDB inteiro" para o futuro governo e, na economia, "começar a reempregar" no curto prazo.

O vice-presidente admite ainda fazer "cortes radicais" no Orçamento para tentar evitar a criação de novos tributos. Mas a medida vai depender do que será acertado com o possível futuro ministro da Fazenda. O ex-presidente do Banco Central Henrique Meirelles é um dos cotados.

Leia mais
 


Cortes para evitar impostos

Para escapar de uma alta inevitável de impostos neste primeiro momento, o grupo que apoia o vice-presidente Michel Temer vai insistir na proposta de desvincular benefícios dos reajustes concedidos ao salário mínimo, incluindo os da Previdência.

A aprovação dessa medida, impopular, mas necessária, segundo conselheiros do vice, seria possível graças a uma "onda" receptiva do Congresso às propostas de um eventual governo Temer para solucionar a crise brasileira. A ideia é acabar também com gastos obrigatórios com saúde e educação, que engessam o Orçamento federal.

Leia mais
 


Comissão define cargos

A comissão especial do impeachment contra a presidente Dilma Rousseff (PT) no Senado definiu Raimundo Lira (PMDB-PB) como presidente e Antonio Anastasia (PSDB-MG) como relator do processo.

A escolha de Lira foi por aclamação, mas a eleição para a relatoria gerou mais de duas horas de debates entre os senadores. As bancadas do PT,  PCdoB e PDT encaminharam votos contra Anastasia como relator, mas ele acabou eleito por 16 votos a cinco.

Leia mais
 


Você fica

O Supremo Tribunal Federal decidiu hoje libertar dois executivos da Odebrecht que estavam presos preventivamente por causa das investigações da Operação Lava Jato. Mas o ex-presidente da empresa, Marcelo Odebrecht, vai continuar na prisão.

Márcio Faria e Rogério Santos tiveram as prisões preventivas convertidas em prisão domiciliar. Além disso, eles devem usar uma tornozeleira eletrônica e vão ficar afastados da administração da empresa.

Leia mais
 


Mercado em movimento

Depois de três quedas, a Bovespa se recuperou e fechou em alta de 2,35%, com 53.082,50 pontos. O resultado foi puxado pelo desempenho positivo das ações da Petrobras, da Vale e dos bancos, que avançaram mais de 3%.

Já o dólar registrou queda de 0,83%, cotado em R$ 3,519. Foi a segunda baixa seguida e mais uma vez o Banco Central não atuou no mercado de câmbio.

Leia mais
 


Não previu ondas fortes

Os relatórios sobre a implantação da ciclovia Tim Maia, preparados pela Secretaria de Obras da Prefeitura do Rio de Janeiro durante a construção, no ano passado, avaliaram que "em geral, a ciclovia não contempla riscos consideráveis".

O documento cita que a região "é considerada zona de respingo de maré, o que aumenta o grau de dificuldade de execução das obras". Não são relatados riscos provocados pela maré alta e por ondas fortes. São apontados como riscos para os operários as encostas íngremes e o tráfego pesado na avenida Niemeyer, paralela à ciclovia.

Leia mais
 


Explosão da população carcerária

O Brasil tem 622.202 presos, número superior à população de Aracaju. Os dados são do Levantamento Nacional de Informações Penitenciárias e se referem ao ano de 2014.

Desde o ano 2000, o Brasil ganhou 389.477 presos, um aumento de 167%. Mas o número de vagas em presídios não acompanhou essa expansão. Hoje, faltam 250.318 vagas no sistema penitenciário.

Leia mais
 


Fora do ar

Geraldo Luís não vai voltar a comandar o Domingo Show. A decisão foi tomada ontem pela cúpula da Record e informada ao jornalista no início da noite. O apresentador foi suspenso na semana passada após criticar a emissora no ar, ao vivo, no programa do último dia 17.

Luís disse que ficou "muito triste" com cortes realizados em uma reportagem dele e afirmou que colegas de casa são "covardes" e "cospem no prato que comem". O comentário irritou o dono da emissora, Edir Macedo. Luiz Bacci será o substituto.

Leia mais
 


Futebol na TV

A tabela detalhada das 11 primeiras rodadas do Campeonato Brasileiro de 2016, divulgada pela CBF, mostra o São Paulo como o clube paulista com mais transmissões na TV aberta. No total, o time do Morumbi terá cinco partidas transmitidas. Com um jogo a menos, aparecem Corinthians e Palmeiras.

Já os telespectadores cariocas verão mais transmissões do Fluminense. Serão seis partidas nas 11 primeiras rodadas de Brasileirão, contra quatro do Flamengo e apenas duas do Botafogo.

Leia mais
 


Brasileiro denunciado na Espanha

O lateral brasileiro Adriano, do Barcelona, foi denunciado por fraude na Espanha. A acusação foi publicada pelo jornal Sport.

Adriano teria fraudado 700 mil euros (R$ 2,8 milhões) da Fazenda espanhola ao ceder os direitos de imagem a uma empresa de fachada com residência fiscal na Ilha da Madeira, em Portugal, quando trocou o Sevilla pelo time catalão.

Leia mais

 

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos