PUBLICIDADE
Topo

Projeto Comprova entra na terceira fase com 28 veículos de comunicação

Do UOL

10/06/2020 14h06

O projeto Comprova, coalizão que reúne 28 veículos jornalísticos na checagem de informações falsas, entra oficialmente em sua terceira fase. Depois de um expediente especial de 75 dias montado para verificar notícias, rumores e manipulações sobre o novo coronavírus, o grupo retoma o monitoramento de conteúdos suspeitos sobre políticas públicas do governo federal e eleições municipais, para o combate à desinformação e a conteúdos enganosos.

A investigação colaborativa de boatos sobre a Covid-19 será mantida.

A primeira fase do projeto, em 2018, cobriu o período eleitoral, e a segunda fase, no ano passado, teve foco em políticas públicas do governo federal.

Além do UOL, fazem parte da coalizão Folha de S.Paulo, Band, Jornal do Commercio, O Estado de S. Paulo, SBT e Nexo Jornal, entre outros. Nesta terceira fase, integram o projeto pela primeira vez seis novos veículos de comunicação —Gazeta do Sul (RS), Correio do Estado (MS), Correio de Carajás (PA), Diário do Nordeste (CE), Estado de Minas (MG) e O Popular (GO).

O material produzido pelo Projeto Comprova pode ser republicado também por organizações que não façam parte da coalizão, já que os conteúdos têm licença Creative Commons, desde que haja atribuição e o conteúdo não seja alterado.

É possível enviar ao projeto sugestões de conteúdos duvidosos e que podem ser verificados pelo WhatsApp (11 97795-0022) ou no link Pergunte ao Comprova no site do projeto. A publicação, nos veículos participantes ou na página www.projetocomprova.com.br só ocorre após ao menos três dos integrantes concordarem sobre a falsidade ou veracidade da informação em questão.

A terceira fase do Comprova tem apoio financeiro do Google News Initiative (GNI) e Facebook Journalism Project. Iniciativa do First Draft News, é liderado pela Abraji (Associação Brasileira de Jornalismo Investigativo), e tem como parceiros institucionais a ANJ (Associação Nacional de Jornais no Brasil), o Projor, a Faap (Fundação Armando Alvares Penteado), a agência Aos Fatos e a RBMDF Advogados.

Os parceiros de tecnologia são CrowdTangle, NewsWhip, Torabit, Twitter e WhatsApp.

UOL Confere

No UOL, as publicações do Comprova ficam dentro do canal UOL Confere, iniciativa criada em janeiro de 2017 para verificação de fatos e combate a informações falsas ou distorcidas.