Ópera de NY cancela show depois que supostas cinzas de cremação são lançadas na orquestra

NOVA YORK (Reuters) - A Metropolitan Opera de Nova York cancelou uma apresentação de "Guillaume Tell" na noite de sábado depois que um membro da audiência lançou no fosso da orquestra um pó não identificado, que a polícia acredita ser cinzas de uma cremação.

Policiais relataram que testemunhas ouviram um homem dizer que estava na ópera para espalhar as cinzas de seu mentor.

"Um indivíduo de fora da cidade... disse que estava aqui para lançar as cinzas de um amigo, seu mentor na ópera, durante a apresentação", disse John Miller, vice-comissário de inteligência e contraterrorismo, a jornalistas no Lincoln Center.

A Metropolitan Opera disse em sua página no Facebook que também cancelou a apresentação na noite de sábado de "L'Italiana in Algeri" enquanto a polícia investigava o incidente, ocorrido no segundo intervalo.

Não houve relatos de quaisquer ferimentos ou reações ruins à substância, embora o prédio tenha sido evacuado e o Departamento de Polícia de Nova York tenha enviado uma unidade especial para investigar, disse a policial Tiffany Phillips.

O suspeito, um homem não identificado, fugiu do local e não ocorreram prisões, disse Phillips.

(Reportagem de Frank McGurty e Chris Michaud, em Nova York; Reportagem adicional de Steve Gorman, em Los Angeles)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos