Google se aproxima de acordo com governo da Indonésia, dizem fontes

JACARTA (Reuters) - O Google deve chegar a um acordo fiscal com o governo da Indonésia nas próximas semanas, disseram pessoas familiarizadas com o assunto à Reuters.

Sob o acordo, o Google pagará impostos retroativos e taxas e o gigante da internet terá que concordar com um novo cálculo de lucros obtidos no país, disse uma das pessoas, que não quis ser identificada uma vez que a informação não era pública.

Se o acordo for adiante, mais países podem perseguir agressivamente o pagamento de impostos retroativos de empresas de internet como o Google, dizem analistas.

"Eu acho que outros países que têm uma população significativa também tentarão perseguir o Google devido a impostos", disse o diretor executivo do Centro de Análises Fiscais da Indonésia, Yustinus Prastowo.

Um porta-voz do escritório fiscal não quis comentar. Um porta-voz do Google também não quis comentar.

Uma autoridade fiscal disse em setembro que a Indonésia planejava obter cinco anos de impostos retroativos e que a empresa poderia enfrentar cobrança de 400 milhões de dólares apenas por 2015 se ficar claro que o Google evitou pagamentos.

(Por Gayatri Suroyo e Eveline Danubrata)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos