Não há indicação de que Trump queira tirar EUA da OMC, diz diretor-geral

GENEBRA (Reuters) - O diretor-geral da Organização Mundial do Comércio (OMC), Roberto Azevêdo, disse nesta quinta-feira que não tinha indicação de que o presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, queria se retirar do organismo.

"Acho que neste momento, o que temos que fazer é estar pronto para uma conversa", disse Azevêdo a jornalistas, acrescentando que estava convencido de que os Estados Unidos poderiam ser um parceiro muito importante na tarefa de buscar ambiente de crescimento mais dinâmico globalmente.

(Por Tom Miles e Stephanie Nebehay)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos