Antes de deixar a UE, Reino Unido apoia tribunal de patentes

BRUXELAS (Reuters) - Os britânicos surpreenderam e agradaram alguns de seus parceiros da União Europeia nesta segunda-feira ao se comprometerem a assinar um novo e unificado sistema de patentes para o bloco, mesmo que Londres esteja prestes a deixar a União Europeia.

O ministro da Economia da Eslováquia, Peter Ziga, que presidiu uma reunião em Bruxelas, disse que estava "muito satisfeito" pelo Reino Unido ter se comprometido a ratificar o acordo internacional no primeiro semestre do próximo ano.

A ratificação do Reino Unido, uma das maiores economias da UE, era uma condição para a existência do Tribunal Unificado de Patentes (UPC, na sigla em inglês) e houve preocupações desde o referendo do Brexit, em junho, de que anos de trabalho poderiam ser perdidos se o governo britânico interrompesse o processo enquanto se prepara para deixar o bloco em 2019.

A ministra de propriedade intelectual do Reino Unido, Lucy Neville-Rolfe, disse que o novo sistema de patentes beneficiaria empresas por toda a Europa, adicionando que enquanto for membro da UE, continuará a representar um papel completo e ativo.

(Por Alastair Macdonald)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos