Temer manifesta pesar e apoio a familiares e vítimas de acidente aéreo com Chapecoense

BRASÍLIA (Reuters) - O presidente Michel Temer lamentou nesta terça-feira o acidente aéreo com o avião que levava a delegação da Chapecoense para a Colômbia e manifestou solidariedade e apoio a familiares e sobreviventes que estão internados no país vizinho.

O avião fretado que transportava o time da Chapecoense para a final da Copa Sul-Americana em Medellín caiu na Colômbia devido a uma pane elétrica, matando ao menos 75 pessoas e deixando seis feridos.

As autoridades colombianas identificaram os sobreviventes como os jogadores Alan Ruschel, Jackson Follmann e Hélio Neto; o jornalista Rafael Valmorbida; a aeromoça Ximena Suárez e o técnico de voo Erwin Tumiri, ambos bolivianos.

"O presidente Michel Temer está acompanhando pessoalmente as providências em curso e instruiu seus ministros a organizarem os esforços necessários para o apoio aos familiares e aos brasileiros hospitalizados na Colômbia", disse o porta-voz da Presidência, Alexandre Parola.

Mais cedo, Temer classificou o acidente como um "fato tristíssimo".

"A única coisa que poderíamos fazer, lamentavelmente... era tomar providências no governo federal, a fim de dar apoio às famílias, especialmente, que se enlutaram neste momento", afirmou o presidente durante evento em Brasília.

Segundo o porta-voz, Temer conversou com o presidente da Colômbia, Juan Manuel Santos, que "ofereceu ao Brasil o apoio pleno do governo colombiano em todas as providências que se fizessem necessárias".

O governo da Colômbia já deslocou para Medellín uma equipe de especialistas para ajudar na identificação dos corpos.

Uma aeronave da Força Aérea Brasileira (FAB) foi enviada à Colômbia para que autoridades e representantes de órgãos públicos e privados possam prestar todo o auxílio aos familiares e sobreviventes do acidente.

Outras duas aeronaves da FAB e uma equipe de profissionais especializados estão de prontidão para ajudar no resgate e traslado dos brasileiros vítimas do acidente, afirmou o porta-voz da Presidência.

(Por Leonardo Goy e Lisandra Paraguassu)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos