Porta-voz de procurador alemão nega prisões relacionadas ao ataque em Berlim

BERLIM (Reuters) - Um porta-voz do procurador-geral da Alemanha negou nesta quinta-feira relatos da mídia de que houve quatro prisões de pessoas que tiveram contato com o tunisiano suspeito do ataque em um mercado natalino em Berlim.

"Não, este não é o caso", disse o porta-voz quando perguntado sobre a reportagem. "Não sabemos de nenhuma prisão", acrescentou.

(Reportagem de Ursula Knapp)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos