BNDES vai repassar menos dividendos ao governo federal

SÃO PAULO (Reuters) - O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) informou nesta sexta-feira que seu conselho de administração aprovou restringir a até 60 por cento do lucro líquido os dividendos que repassará à União.

Segundo o banco de fomento, além do piso de 25 por cento, o pagamento suplementar de até 35 por cento estará condicionado à demonstração de capacidade de atendimento dos limites prudenciais internos e externos, no horizonte de três anos.

De 1997 a 2015, o BNDES distribuiu à União em média 85 por cento do lucro gerado.

A medida foi anunciada ao mesmo tempo em que o BNDES decidiu devolver 100 bilhões ao governo federal.

"A medida foi tomada considerando a estimativa do fluxo de desembolsos líquidos do BNDES para os próximos três anos e o fato de que tal antecipação não afetará a estrutura patrimonial do BNDES e o pleno atendimento às regras prudenciais bancárias", afirmou o banco em comunicado. "Dessa forma, o banco continuará honrando as operações já contratadas."

(Por Aluísio Alves)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos