Infraestrutura na Tailândia não acompanha aumento no número de turistas

BANGCOC (Reuters) - O sucesso da Tailândia em atrair um grande número de turistas colocou pressão na área de infraestrutura devido ao maior fluxo de pessoas, disse nesta segunda-feira um economista do Banco Mundial.

"Gargalos estão sendo formados em destinos como Chiang Mai, Bangcoc e Phuket, enquanto a infraestrutura ainda não se expandiu", disse Kiatipong Ariyapruchya.

O economista também afirmou que novos destinos dentro do país "precisam ser apresentados e monitorados de perto para apoiar o turismo sustentável".

A indústria do turismo continuou viva apesar de um golpe em 2014 e uma série de ataques mortais a bombas em agosto deste ano que mataram quatro turistas tailandeses e feriram dezenas, incluindo estrangeiros.

No ano passado, a Tailândia recebeu um recorde de 29,9 milhões de visitantes. O Ministério do Turismo espera 32,4 milhões de visitantes neste ano, enquanto o conselho de turismo afirma que o país pode receber 34,4 milhões em 2017.

Mas o crescimento coloca pressão em aeroportos e outras infraestruturas. A infraestrutura é um problema não só para o turismo, forte ponto para a economia, mas para o crescimento em geral do país.

(Reportagem de Pairat Temphairojana)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos