Kuroda, do BC japonês, espera recuperação estável do país no próximo ano

(Reuters) - O presidente do Banco do Japão, Haruhiko Kuroda, disse que espera que a economia do país desfrute de uma recuperação estável ao longo do ano que vem, com a expectativa de uma redução nos fatores negativos ao redor do mundo, de acordo com o jornal Nikkei.

A avaliação reforça as expectativas do mercado de que o banco central vai segurar uma expansão do estímulo no futuro previsível.

"Há muitas coisas que podemos fazer, se necessário" para impulsionar o crescimento, disse Kuroda em uma entrevista ao jornal Nikkei, publicada nesta quinta-feira, refutando as opiniões de alguns analistas de que o Banco do Japão ficou sem munição política, depois de mais de três anos de agressiva impressão de dinheiro.

Mas ele disse que as perspectivas otimistas para a economia global, o aumento dos preços das ações japonesas e uma reversão no fortalecimento excessivo do iene permitirão que a economia do Japão sustente uma recuperação econômica estável ao longo do próximo ano.

"No geral, as economias globais e a japonesa estão se movendo em uma direção positiva e mais desejável", acrescentou ele, em uma entrevista realizada na terça-feira.

Em relação às políticas esperadas do presidente eleito dos Estados Unidos, Donald Trump, Kuroda disse que não espera que o novo governo implemente medidas extremas, como restrições comerciais, pois elas prejudicariam a economia dos EUA, bem como as economias dos países rivais.

(Por Leika Kihara)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos