Senador McCain, dos EUA, diz que a Rússia deve pagar por ataques cibernéticos

KIEV (Reuters) - O senador republicano John McCain disse nesta sexta-feira que a Rússia deve pagar o preço pelos ataques cibernéticos contra os Estados Unidos e que é possível impor muitas sanções, inclusive a instituições financeiras.

McCain, que é presidente do Comitê de Serviços Armados do Senado dos Estados Unidos, agendou uma audiência para a quinta-feira sobre ameaças cibernéticas estrangeiras.

"Quando você ataca um país, é um ato de guerra", disse McCain em uma entrevista ao canal de televisão da Ucrânia enquanto visitava Kiev.

"Então temos que garantir que seja pago um preço, para que então possamos talvez persuadir os russos a parar com este tipo de ataque contra os fundamentos da nossa democracia."

O presidente eleito dos EUA, Donald Trump, elogiou o presidente russo, Vladimir Putin, nesta sexta-feira por abster-se de fazer retaliações após os EUA expulsarem 35 diplomatas russos.

(Por Sergei Karazy e Matthias Williams)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos