Técnico campeão olímpico com a seleção brasileira é demitido da CBF

RIO DE JANEIRO (Reuters) - O técnico campeão olímpico com a seleção brasileira na Rio 2016, Rogério Micale, foi demitido nesta segunda-feira, menos de um ano após a conquista do ouro inédito para o futebol brasileiro, informou a Confederação Brasileira de Futebol (CBF).

Micale era treinador da seleção sub-20, que teve uma péssima campanha no Sul-Americano da categoria neste mês. O Brasil terminou em quinto lugar e não garantiu vaga para o Mundial que será disputado na Coreia do Sul.

Os indícios da saída de Micale já vinham sendo dados pelo presidente da CBF, Marco Polo Del Nero, que classificou a campanha do Brasil no Sul-Americano como um absurdo. Ele se reuniu com Micale nesta segunda-feira para comunicar a decisão.

“Não se toma uma decisão por apenas um jogo ou uma conquista. É todo um processo”, disse na semana passada Del Nero a jornalistas.

Antes da demissão de Micale, o diretor das categorias de base, Erasmo Damiani, já tinha sido demitido.

Além de Micale, foram dispensados, de acordo com a CBF, outros integrantes da comissão técnica da base como o preparador físico Rogério Maia, o supervisor Vinicius Costa, o administrador Gustavo Cupertino e o coordenador de captação Paulo Xavier.

Micale comandou o time olímpico do Brasil à conquista do ouro olímpico em 2016. Na final disputada no Maracanã, o Brasil derrotou a Alemanha nos pênaltis.

(Por Rodrigo Viga Gaier)

Receba notícias do UOL. É grátis!

Facebook Messenger

As principais notícias do dia pelo chatbot do UOL para o Facebook Messenger

Começar agora

Receba por e-mail as principais notícias, de manhã e de noite, sem pagar nada. É só deixar seu e-mail e pronto!

UOL Cursos Online

Todos os cursos